Dog lovers Grécia SUP Vida a bordo Yoga

Adeus Cíclades: Que Gran Finale!

Escrito por Renato Matiolli

Mais uma semana se passou e já é hora de nos despedirmos das incríveis ilhas Cíclades… 🙁

Essa semana começou na famosa Santorini. Graças aos nossos amigos locais Markos e Alive, conseguimos uma poita em um lugar único, bem em baixo do famoso centrinho de Oia. Nossos vizinhos… bem, alguns yachts incríveis de milionários gregos, e outros barquinhos típicos de pescadores, não poderia ser mais lindo.

DSC01234_Fotor  P1180428_Fotor

A Alice nos fazia uma visita todo dia e vinha curtir um pouquinho do Feijão também já que ela sempre teve Bull Terriers e estava morrendo de saudades de ter um cachorro por perto. Na verdade a gente conheceu a Alice pela mãe dela, que hoje mora em Fernando de Noronha e também tem um Bull Terrier engraçadíssimo chamado Baloo, que virou melhor amigo do Feijão na nossa ultima ida a Noronha no Natal e Reveillon do ano passado. Para melhorar as coisas, tinhamos a bordo duas hóspedes muito legais, a Sabine, que é meio Alemã meio Brasileira, e amiga da Sarah dos tempos em que ambas moravam e trabalhavam em Marbella na Espanha, e a Veronica, uma espanhola muito simpática que além de tudo ainda é professora de Yoga nas horas vagas. Não é demais? Nossa primeira yoga master a bordo! Namaste! Yeah Yeah!

P1180454_Fotor  P1180446_Fotor

Para irmos até a terra, tinhamos duas ótimas opções bem pertinho, tanto Ammoudi Bay, com seus deliciosos restaurantes que ficavam lotados ao pôr do sol, a apenas 8 minutos de botinho, como Armeni Bay, só 2 minutinhos no botinho, que era nossa opção todas as manhãs para levar o Feijão para passear. Claro que em ambos, tinhamos que subir uns 200-300 degraus para chegar até Oia…. ufa! Bem cansativo, deu para colocar o exercício em dia, mas valia muito a pena pois a vila é um charme, cheia de lojinhas, restaurantes, sorveterias e uma vista de tirar o fôlego.

DSC01252_Fotor  DSC01249_Fotor

Para nós, o mais incrível era ver o Ipanema lá de cima. Há uns 8 anos atrás eu tinha estado em Santorini e quando eu olhava lá pra baixo eu pensava… “Quem são essas pessoas com esses barcos lá em baixo? O que fazem?”. E dessa vez, essas pessoas ermos nós no nosso querido Ipanema.

DSC01240_Fotor  DSC01238_Fotor  DSC01236_Fotor

DSC01244_Fotor

Depois de Santorini velejamos até Folegandros, que de acordo com nosso amigo Markos, é a ilha mais bonita de toda a Grécia.  Esse lugar realmente é muito especial e pouco explorado, bem menos turístico do que as outras ilhas por onde temos passado. O Markos nos disse para parar o barco bem em baixo de um restaurante incrível chamado Papalagi, do seu amigo Takis, e que de lá poderíamos ir explorar a ilha. Nossa… e o quanto a comida nesse restaurante é deliciosa e fresquinha? Acho que foi provavelmente a melhor refeição que fizemos em toda a viagem até agora! E o Takis? Bem…. maior figura!! E nos recebeu como se fossemos seus grandes amigos.

DSC01266_Fotor  DSC01269_Fotor

Ancoramos e amarramos dois cabos compridos da poupa até a terra, e assim ficamos bem confortáveis e seguros, e usamos nossas pranchas de SUP mais uma vez como uma “balsa” para ir e vir do barco. E assim instalamos a primeira linha de balsa Ipanema-Folegandros-Ipanema. E ao lado, algumas vezes por dia passava o “ônibus” local trazendo e levando turistas de ilha em ilha.

DSC01297_Fotor  DSC01294_Fotor 2

O Takis foi um anfitrião nota mil, nos contou sobre a historia da ilha e nos levou no seu carro de 1970 para conhecer Chora, a vilasinha mais perto. Acho que a melhor descrição para ela seria como uma “mini Mykonos bem menos explorada”, localizada no topo de uma montanha com um monastério lindo bem no alto. Consegue imaginar? A gente simplesmente, AMOU o lugar.

DSC01275_Fotor  DSC01278_Fotor

DSC01280_Fotor  DSC01284_Fotor

Depois de Folegandros pegamos um vento ótimo que nos levou até Milos, uma ilha um pouco mais conhecida, mas que na parte sul não tem assim tanta gente. Quando o vento acalmou, conseguimos relaxar e curtir bem o lugar, que inclui aulas de yoga na praia com nossa professora particular diretamente de Bilbao, Veronica!

IMG_0337_Fotor_Fotor  IMG_0368_Fotor_Fotor

Em seguida, fomos até Kleftikos, um antigo esconderijo de piratas. Incrível!!!

Eu tentei sair para dar uma remada de SUP mas o Feijão fez o maior escarcel até eu voltar pro barco para levar ele comigo. Essa criaturinha albina não é nada chegada em nadar, mas adora uma prancha de stand up. Ele andou comigo na prancha calmamente por mais de uma hora. Passamos por alguns barco onde ele acabou virando o centro das atenções, não paravam de tirar fotos. Acho que esse povo realmente nunca imaginou estar ancorado no meio de uma ilha na Grécia e de repente passar um cara com um Bull Terrier remando do lado.

  

Bom, mas como tudo de bom nessa vida dura pouco, chegou a hora de nos despedirmos das Cyclades. Durante essas ultimas semanas passamos por 8 ilhas incríveis: Kithnos, Syros, Rinea, Mykonos, Ios, Santorini, Folegandros e Milos. Agora estamos indo calmamente em direção a Creta, estão todos dormindo enquanto eu termino de escrever esse post e assisto a mais um nascer do sol magnífico, um golfinho solitário acabou de passar pelo barco… parece até coisa de filme! Que finale!

DSC01315_Fotor

Próxima parada… Creta! A ultimas das ilhas gregas. Nossa ultima parada na Grécia antes de cruzarmos para Itália!!

Sobre o autor

Renato Matiolli

Deixe um comentário