Como funciona

Para velejar conosco é fácil:

  1. Decida se você está disposto a dividir o barco com outros hóspedes ou se quer ter um barco privado;
  2. Vá à página preços e disponibilidade para verificar as datas que você quer velejar;
  3. Vá à página calendário das próximas viagens para verificar onde vamos estar na data que você gostaria de embarcar;
  4. Envie uma mensagem para sailipanema@gmail.com ou vá á página reserve a sua cabine para dar continuidade;
  5. Leia a página alinhando as expectativas para garantir que você está pronto para essa aventura;
  6. Se você está ok com o acima, reserve seus vôos e venha nos visitar

 

Perguntas Frequentes:

“O que está incluido no valor da diária?””: Capitão e hostess, cabine com banheiro privativo, refeições, bebidas, consumíveis do barco como diesel,  mimar o Feijão, e alguns dos nossos brinquedos como máscara, snorkel, pé de pato e pranchas de Stand Up.

“O que não está incluido?”: Internet, marinas, vistos, taxas de imigração, taxas de reservas marinhas, equipamento de surf, kite e mergulho com garrafa.

“Qual é o tempo mínimo e máximo que uma pessoa pode se hospedar?”:  A gente prefere que os hospedes fiquem pelo menos por 3 dias, pois a chegada e partida involve uma certa organização e logística da nossa parte. Não há tempo máximo.  

“Eu preciso saber velejar?”: De jeito nenhum! Na verdade, a gente até prefere aqueles que não são fanáticos por vela, pois não buscamos muito velocidade, preferimos mais conforto e segurança. 

“Eu posso ir apenas para relaxar?”: Claro que sim! São as suas férias, você pode fazer e participar o quanto quiser das atividades diarias do barco, como velejar, ancorar, cozinhar, etc.

“Que tipo de atividade eu tenho que fazer?”: Você não tem que fazer nada, a única coisa é saber economizar água doce, que é um bem MUITO limitado a bordo!! E qualquer tipo de ajuda é sempre bem vinda, como ajudar a arrumar cabos e defensas do barco, ajudar a olhar o fundo do mar na hora de ancorar, cozinhar uma vez ou outra se você gostar e estiver a fim. 

“O que vocês esperam dos hospedes?: Uma boa atitude e bom humor! Esperamos que você cuide do barco como se estivesse na casa do seu melhor amigo. A única coisa que a gente realmente espera é que as pessoas sejam concientes com o uso da água doce, que é limitada a bordo – já mencionamos isso antes? 

“Então vocês são tipo um Club Med flutuante?”:  De jeito nenhum! Nada contra, mas não temos nenhum tipo de atividades ou entretenimento planejado, não temos horários fixos para nada, nem para almoçar/jantar, a gente não obriga você a fazer nada que você não queira e certamente não somos professores profissionais de nada. Somos muito flexiveis e deixamos nossos hospedes muito a vontade para fazer e comer a hora que quiserem, do jeito que quiserem. Sempre tentamos estar perto da costa e ancorar perto de vilas ou cidadezinhas para as pessoas poderem ir passear, explorar os lugares e jantar fora se quiserem (custo de comer fora é de cada um). E quando vamos mergulhar, andar de SUP, surfar, fazer kite, etc, são todos bem vindos a nos acompanhar e podemos certamente dar uma dica ou outra, mas fora mergulho, não temos certificação para ensinar nenhuma dessas atividades – o Renato é Dive Master, surfa há 30 anos e faz kite há 15 anos.

“Que tipo de coisas são bem vindas a bordo?”: Todo tipo de brinquedo tipo pranchas, cameras a prova d’água, drones, equipamentos para snorkling e mergulho, etc. Se você quiser trazer sua própria bebida alcoólica também fique a vontade, assim como qualquer tipo de comida ou especiarias/temperos diferentes, a gente sempre adora aprender uma receita nova! 🙂 Ah! E gente que ama cachorro e todo tipo animais, são mais do que bem vindos!

“Que tipo de coisas NÃO são bem vindas a bordo?”: Banhos longos e gastar muita água doce (esse é o tipo de bem mais escasso em qualquer tipo de barco! Fumar (apenas na parte de fora, por favor!), nenhum tipo de drogas, malas muito pesadas e duras (malas moles são bem mais praticas a bordo e fáceis de guardar), sapatos, bronzeador (apenas protetor solar branco), secador de cabelo (nem chapinha, babyliss, etc – desculpa meninas, mas esse tipo de coisa, acaba com as nossas baterias…), jogar lixo no mar.